quinta-feira, 19 de julho de 2012

O horror da hipocrisia pat1.




Introdução:

Os cristãos devem procurar ter uma vida autêntica, separada do pecado e sem hipocrisia.
Porque essas coisas atrapalham nosso relacionamento com Deus, o que é pior, é que hipocrisia além de atrapalhar o nosso relacionamento com Deus ela impede ou pelo menos atrapalha a propagação do evangelho.

1. Definição da palavra hipocrisia:

Hipocrisia: afetação de virtude, ou sentimento que não se tem, é fingimento, falsidade, dissimulação, representação.

• A palavra hipocrisia vem do substantivo grego "upocrisis" que ocorre sete vezes no novo testamento. Já o adjetivo "upokrites", da mesma raiz e com o mesmo sentido, ocorre vinte vezes no NT.
Na Grécia antiga esse termo era aplicado aos atores que se apresentavam mascarado nas peças de teatro, assim o hipócrita era o artista da arte cênica, que se ocultava atrás de um personagem, ou seja, atrás de uma mascara representativa, de aparência.

• o termo sincero significa sem cera, e tem a sua origem na produção de vasos, quando alguns oleiros desonestamente escondiam as rachaduras dos vasos colocados cera para disfarçar as rachaduras, por isso os mesmos eram colocados no sol para ver se eles não tinham rachaduras cobertas com cera.

2. Exemplo de pessoas hipócritas nas escrituras.

As escrituras nos mostram muitas pessoas que não eram autenticas.
 
2.1. Caim (Gn. 4.3).
2.2. Os irmãos de José (Gn. 37.28).
2.3. Os filhos de Arão.
2.4. Absalão (2Sm. 15.1-2; 18.9-17).
2.5. Dalila (Jz. 16.4-21).
2.6. Judas Iscariote (Mt. 26.47-50).
2.7. Ananias e Safira (At. 5.1-11)
2.8. E os escribas e fariseus (Mt. 23).



3. A hipocrisia dos escribas e fariseus.

Desde o começo de seu ministério Jesus Cristo sempre combateu a hipocrisia dos escribas e fariseus com suas atitudes e ensinamentos (Jo. 2.13-25). Vejamos algumas características dos hipócritas.

3.1. Os hipócritas fazem tudo com o intuito de serem visto pelos homens.

"Guardai-vos de fazer a vossa justiça diante dos homens...” ( Mt. 6.1).

O termo "justiça", no v.1 é crucial para o entendimento do que Jesus vai falar a seguir acerca de nosso relacionamento com Deus.
Demonstrando que a nossa prática de Justiça, ou devoção só é aprovada por Deus se for feita por amor e submissão, ao invés de ser feita por amor próprio.

O Senhor Jesus dar três exemplos específicos de prática da piedade, a esmola a oração e o Jejum, esperando que os seus seguidores sejam praticantes dessas coisas, vemos isso pelo modo que Ele afirmou "e quando...", e não disse "se orares".

"Quando, pois deres esmolas..." (v. 2a).
“E quando orares..." (v. 5a).
"Quando jejuares..." (v. 16).

3.2. Os hipócritas julgam para se justificarem (Mt. 7.1-5).

O nosso Mestre não proibiu a censura, as opiniões ou a condenação ao erro (Ef. 5.11), nem que avaliemos as pessoas ou que acontece em nossa volta (Mt. 7.15-19), muito menos que não devemos admoestar os que estão andando desordenadamente (1Ts. 5.14a; 2Ts. 3.6; 11-15).

O que Jesus proíbe aqui é o criticísmo, a pessoa que busca erros nos outros para se justificarem  (Tg. 3.11-12).

Obs. Um juiz ele não só condena, mas também absorve, por isso quer concordando ou discordando estamos sempre julgando, mesmo se formos indiferentes ainda sim seremos culpados como Pilatos. Por isso temos que agir sempre com sabedoria e discernimento (1Jo. 2.), (1Co. 2.14-16), nunca julgar segundo a aparência (Jo. 7.24), ou antes do tempo (1Co. 4.5).

3.3. Os hipócritas, falam e se mostram como tendo fé, mas estão sempre pedindo um sinal (Mt. 16.1-4; 27. 40-43; 6.30,31).

Os hipócritas estão sempre com má vontade para interpretar os fatos. Os escribas pediram de Jesus um sinal do céu por que eles consideravam que os sinais que Ele tinha feito eram terrenos, isso tudo por que eles não criam Nele, o mesmo fez os irmãos de Jesus (Jo. 7.1-5).

3.4. Jesus contou três parábolas para demonstrar outras características dos hipócritas (Mt. 21.45-46).

• Os hipócritas dizem que fazem a obra de Deus e não faz, dizem que vão fazer algo e não vão como foi demonstrado pelo Senhor Jesus na parábola dos dois filhos (Mt. 21.28-32).

• Os hipócritas gostam de se assenhorear do Reino de Deus, de tomar posse da herança que não é deles como na parábola dos lavradores maus (Mt. 21.33-44).

• os hipócritas fazem tudo para obter e estas envolvidas com as coisas dessa vida só se preocupam com as coisas terrenas, como O Senhor demonstrou na parábola das bodas (Mt. 22.1-44).

3.5. Os hipócritas são pessoas lisonjeadoras (Mt. 22.16).

Eles são daqueles que elogiam falsamente mais depois falam mal por traz, ou então para demonstrar uma falsa humildade ou um falso reconhecimento.

3.6. Os hipócritas ensinam doutrinas de homens (Mt. 15.1-9; 16.6-12).

A bíblia nos ensina que existem três tipos de doutrinas: doutrina de Deus, doutrina de homens e doutrina de Demônios, e essa duas ultimam são maléfica. Por isso que eles pregam e ensaiam com facilidade (2Tm. 4.1-4; 1Tm. 4.1,2).

3.7. Os hipócritas são capciosos (Jo. 8. 1-6).

Eles não ouvem parar aprender, e bnm se associam para paz, mas para munir-se de mais argumento contra o seu interlocutor, para ver se podem apanha-lo em alguma falta (Mc. 10.2; 12.15).

Por inveja fazem isso, por que não são aprovados por Deus e nem são conhecedores das escrituras como demonstram ser (Mc. 12.24; Mt. 22.41-46).



Nenhum comentário:

Postar um comentário