terça-feira, 5 de junho de 2012

Os Elos da Salvação:




Introdução:

A nossa conversão em Cristo, segue alguns aspectos de crescimento espiritual até que sejamos plenamente transformados, esses itens essenciais para a salvação seguem uma sequencia que são chamados de "elos da nossa salvação", é como se fosse uma corrente, em que os elos dependem um do outro, e estão colocados em um progresso espiritual crescente, nos levando até a glorificação, nos prendendo e nos deixando seguros em Cristo, começando pela fé (At. 16.31).

      1. Os Elos da Salvação São:

1.1. A Fé: (Ef. 2.8; Hb. 11.1; At. 14.27).
1.2. O Arrependimento (At. 2.38; 17.30; 2Pe. 3.9):
1.3. A Conversão: (At. 3.19; 26.20; 11.21).
1.4. A Santificação: (1Pe. 1.15; 1Ts. 5.13; At. 26.20).
1.5. E a Glorificação (Rm. 8.29,30; Fp. 3.20,21; 1Jo. 3.2).

       2. Essa transformação por meio desses requisitos (elos) ocorre assim:

2.1. A Fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus

"A saber, se com tua boca confessares ao Senhor Jesus e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dos mortos será salvo... Por que a escrituras diz; todo aquele que nele crer não será confundido... Pois todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo... Como, pois invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele em quem não ouviram? Como ouvirão se não ha quem pregue. De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus" (Rm. 10.9,11,13,14,17).

"Por que a palavra de Deus é viva e eficaz mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes e penetra até a divisão da alma e do espírito, da junta e da medula e é apta para discernir os pensamentos e a intenção do coração" (Hb. 4.12).

2.2. A fé conduz ao arrependimento e juntos conduzem o homem à salvação.

"Por que as escrituras diz todo àquele que invocar o nome do Senhor não será confundido" (Rm. 10.11).

"Arrependei-vos e convertei vos para que sejam apagados os vossos pecados..." (At. 3.19a).

"Por que a tristeza segundo Deus produz arrependimento para a salvação" (2Co. 7.10a).

2.3. O arrependimento sincero resulta na conversão.

"Arrependei-vos e convertei-vos cada um dos seus pecados” (At. 3.19).

"E a mão de Deus era com eles e grande número creu a se converteu a o Senhor" (At. 11.21).

2.4. A legítima conversão resulta na santificação.

"Para lhe abrires os olhos e das trevas os converteres a Luz, e do poder de satanás a Deus, a fim de que recebam a remissão dos pecados e sorte entre os santificados pela fé em mim" (At. 26.18).

"Santificai a Cristo como Senhor em vosso coração" (1Pe. 3.15a)

"E o nosso Deus da paz vos santifique em tudo, todo vosso corpo alma e espírito sejam conservados irrepreensíveis até a vinda do Senhor..." (1Ts. 5.23).

2.5. Esta santificação contínua nos leva a glorificação.

"Segui a paz com todos e a santificação sem a qual ninguém verá a Deus" (Hb. 12.14).

"Mas agora libertos do.pecado e feitos servos de Deus, tende o vosso fruto para a santificação e por fim a vida eterna" (Rm. 6.22).

“...Se fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida"(Ap.)

Conclusão:

O escritor da carta aos hebreus nos informa que todo aqueles que são salvos estão presos em Cristo no Céu, com se Ele fosse uma ancora que não permite que nós ficamos a derivar (Hb. 6.18-20). Que o Senhor nos Ajude para que não quebremos nenhum desses elos e assim estejamos com isso firmes em Cristo e nunca ficaremos  perdidos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário