sexta-feira, 22 de junho de 2012

Festa Jesuína? O que na verdade é isso?


Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.
E não sede conformados com este mundo, mas sede transformada pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.
Romanos 12:1-2


Introdução:

Festa Jesuína – especificamente trata-se de uma imitação da festa junina (festividades católicas), que alguns “crentes baldios” estão introduzindo nas suas igrejas.
As festas juninas já são uma são cópias de antigos rituais pagãos, que eram celebrados nos meses de junho, muito tempo antes do nascimento de Jesus Cristo, e as festas Jesuína são uma imitação da imitação, se tornando piores que a festa junina, que foi um sincretismo praticado pela igreja católica. E o mesmo podemos dizer da festa jesuína um movimento sincrético estar acontecendo dentro das igrejas evangélicas.

“Os dois São João (Batista e o Evangelista) foram PADROEIROS da maçonaria desde a idade média. Desde a instituição da maçonaria especulativa” Esta fundada no dia de São João, 24 de maio de 1717 por 2 “pastores” presbiterianos John Desarguiles e James Anderson. “Os MAÇONS celebram duas grandes festas anuais, chamadas indistintamente de festa de São João ou FESTAS DA ORDEM (maçônica), durante as quais são eleitos e empossados os Grão Mestres.”
Cerimônias solsticiais (deus sol) AMBAS EM HOMENAGEM AOS PADROEIROS DA ORDEM
A do verão é a festa do reconhecimento (junho = São João)
A do inverno é a festa da esperança, (dezembro = natal)
Obs. Observem a imagem de São João: Ele eata segurando um pau e tem a cruz de malta vermelha no manto branco, o símbolo dos antigos maçons, os cavaleiros templários.

1. O que é sincretismo?

Sincretismo: É a tentativa de Assimilar doutrinas ou práticas diferentes ou opostas, sobretudo sobre o sistema religiosos e filosóficos, resultando em um novo sistema em que as estrutura fundamental e costume de cada uma são alterados.
O sincretismo do evangelho: Ocorre quando o seu caráter essencial é mesclado com elementos culturais (festa Junina com o intuito de evangelização, por exemplo). Desta maneira perde-se a mensagem do evangelho e a igreja limita-se afirmar, os elementos já presente na cultura.

1.1. O meio evangélico tem sido bastante fértil em produzir o seu próprio sincretismo.
Mascarado na dissimulação de piedade, fervor, unção e evangelismo. A prática evangélica é hoje totalmente relativa e suscetível aos ditames do marketing religioso. A opressão do "fazer a igreja crescer", esta na moda hoje em dia, visto que para muitos, a quantidade de pessoas nos cultos tornou-se o critério para se avaliar o sucesso de um ministério ou de uma igreja.
Aquilo ou aquele que mais atrair o público é tido como bom, sem precisar fazer uma análise crítica. E isso tem levado muitos pastores, líderes e crentes em geral, a abrirem mão dos conceitos e princípios expostos nas Sagradas Escritura, para o uso de novos "métodos" que são supostamente mais "eficazes", ou seja, atraem grandes multidões, e isso é sincretismo, e paganismo dentro da igreja.

1.1.1.       Alguns dos novos métodos usados são: dramatização dança, noite do Oscar, festa das bruxas, comédia, cine-pipoca, variedades e outras formas de entretenimento.
Hoje, cada atração mundana contemporânea tem sua imitação cristã (como o caso em questão). Há grupos de motociclistas cristãos, equipes cristãs de musculação, clubes cristãos de dança, parque de diversões cristãos, e até a existencia de Igreja para lutadores de MMA, de roqueiros ou de regueiros e uma colônia de nudismo cristã..."
Sem contar as inúmeras e loucas campanhas, os constantes congressos e aniversário de departamento, os retiros (de jovens, de casais e de carnaval), datas comemorativas (dia das mães, das crianças, dos pais, "pascoa", natal), tudo isso tem que ter festa e eventos.Hoje uma das maiores dificuldades nas igrejas entre os departamentos é achar uma data para tantos eventos
Fora os elementos usados na igreja evamgélica superticiósa, tais como: óleo ungido, agua, rosa, sal, vinho, arruda, mini-tijolo, chave, corneta, meia, vela etc. Sem muitas implicações no âmbito social, mas que na dimensão individual funda-se na relação de troca com o divino. De forma que, contribuindo financeiramente com a Igreja, a benção será concedida. Comparecendo sete sextas-feiras em determinada campanha, o sonho será realizado.
É uma loucura, isso não pode ser chamado de movimento cristão.
2.   Poderiam os evangélicos participar de festas Jesuína?

A resposta seria Não! E Por que?

      2.1. Por que esta festa é uma imitação de uma festa malígna,  a junina:
Que se trata de festividades onde há uma consagração e homenagem a alguns “santos”. E as festas jesuinas usurpou isto dos gentios, com apenas o detalhe de transvestir tais festas com roupagem cristã.

2.2. Por que Deus proibiu o seu povo de tal prática:
Quando O Senhor introduziu o povo de Israel na terra prometida adverti-os severamente para que não usassem esse tipo de costume, diz Ele: "Qdo entrares na terra que o Senhor teu Deus te dá, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos." (Dt. 18:9). Independentemente das intenções, fossem elas boas ou não, o plágio, a imitação foi categoricamente proibido por Deus. 
 Se Deus rejeitou as festas de Israel que eram dedicadas somente a Ele [Amós 5:21-23] , mas que haviam sido MESCLADAS ELEMENTOS DOS CULTOS PAGÃOS dos países vizinhos, não rejeitaria com mais veemência ainda as ditas festas "cristã" dedicada aos santos?

Obs. leia o estudo sobre idolatria dentro da igreja

    2.3. Por que o comportamento dos crentes nessas festas exalta o pecado, e a abominação:
O quentão foi substituido por "crentão", usam nas festas jesuínas aquelas roupas remendadas que fazem uma espécie de zombaria para com os simples homens do interior (da roça). As Festas Juninas inconscientemente ou não, servem mais para humilhar as pessoas do campo do que para honrá-las como pretendem; o caipira, quando não é banguela, é desdentado, seu andar é torto, corcunda por causa da enxada, a botina é furada, suas roupas são rasgadas e remendadas, uma alusão ao espantalho. A Bíblia categoricamente diz que aquele que escarnece (humilha) do pobre insulta quem o criou (Pv. 17:5)
Tem até nas quadrilhas nas festas juninas, o “casamento caipira”, onde no altar da igreja se celebra um casamento de uma moça que ficou grávida por conta de prostituição; o casamento caipira mostra o sexo fora do casamento, mostra a violência do pai da noiva que vai “armado” diante do altar.

São tantas aberrações, que não poderia entender como essa desgraça conseguiu entrar dentro das igrejas evangélicas.
Se isso não tivesse sido previsto como sinal do fim dos tempos, poderiamos afirmar que Jesus perdeu o controle da Igreja, mas Deus nos alertou. Eles deturpam a palavra de Deus, e transtornam o evangelho de Jesus Cristo, mas, um dia serão julgados por seu envolvimento desordenado com o mundo.

2.4. Por que essas festas são totalmente contrária a verdadeira adoração.
Quando eles fazem essas coisas, dizem que o fazem para que o nome de Deus seja glorificado, irmão não é o que nós fazemos que com os nossos métodos que  vai fazer deus se adorado, mas aquilo que ele disse.
“As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.”Colossenses 2:23
“Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.” 2 Timóteo 3:4-5

Conclusão:

São muitos os motivos que poderíamos dizer, para que uma igreja não fizesse uma festa Jesuína, e para que o cristão não vá para uma festa dessas, mas uma das pior é que a festa que é feita com a intenção de evangelizar e ganhar almas para Cristo, o que ela faz na verdade é enaltecer uma festa pagã, enfraquece e fazer com que muitos irmãos em cristo se desviem, tendo um efeito totalmente ao Contrário.

Um tempo desses houve um evento gospel na Quinta da Boa Vista, e o que aconteceu lá foi algo horroroso, muitos jovens cristãos estavam transando atrás do museu, enquanto o evento gospel estava acontecendo.
Esta informação eu obtive, o meu supervisor na época e cristão até hoje, teve que ir naquele local a trabalho, e ouviu o escárnio dos ímpios, e veio desesperado falar comigo. No entanto uma vez eu estava dando uma aula para os jovens de uma igreja que eu fui convidado, e citei sobre isso, e um dos jovens que estava presente, me chamou no canto e me informou, que ele e a sua namorada, era um dos casais que estavam lá, e que ele viu tudo,  e confirmou o que eu estou dizendo, o mais triste é saber que ele depois se converteu, e a menina desmancho com ele por que ele queria um namoro cristão


http://centralizadosemcristo.blogspot.com.br/p/contribua.html







8 comentários:

  1. Olá A PAZ DO SENHOR,

    Amado Assino em baixo, estão levando de tudo ao nossos Púlpito, é o fim mesmo, Que Deus nos Guarde.

    CLAUDIANO

    ResponderExcluir
  2. A paz, recomendo a leitura do artigo http://ensinopentecostal.com.br/polemicos/item/323-sobre-festas-juninas.html , uma visão mais ponderada e menos radical.

    Em Cristo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando não temos uma refutação bíblica apelamos dizendo que é radicalismo. O texto usado para estudo recomendado não demonstra ponderação nenhuma acerca do tema em questão.
      1. Os irmãos de corinto não tinham nenhum outro lugar para compra carne por que todos os açougues vendiam carne que eram antes sacrificada no templo.
      2. O tema abordado por Paulo é paganismo e não sincretismo.
      3. Eu tenho a certeza que se a igreja em corinto pegasse a carne que foi sacrificada no templo pagão e fizessem um churrasco na igreja com o intuito de evangelizar como é feito com a festa junina, ele combateria essa prática.

      Obs. Na igreja em Corinto havia irmãos participando das festas pagãs e por causa disso estavam escandalizando os irmãos mas fracos, haviam pessoas que não queriam comprar carnes no açougues e nem aceita convite de parentes que não eram convertido,e a abordagem é dentro desse assunto, não tem nada haver com festas culturais abraçada pela igreja com uma roupagem cristã.

      Excluir
  3. A PAZ IRMÃO.

    ESSE ARTIGO ME AJUDOU MUITO,ESTOU COM UMA VISÃO MAIS AMPLA DO TEMA EM QUESTÃO.

    NA IGREJA QUE CONGREGO É REALIZADA ESTA FESTA, SEMPRE FIQUEI COM DUVIDA SE ERA REALMENTE "DE DEUS" SEMPRE ME QUESTIONEI MAS NUNCA PROCUREI SABER A FUNDO SOBRE O ASSUNTO, ALIAS ESSE É UM GRANDE PROBLEMA QUE NÃO É SÓ MEU E SIM DA IGREJA NA ATUALIDADE, "ERREIS PORQUE NÃO CONHECEIS AS ESCRITURA"

    OBRIGADO E QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO.

    ResponderExcluir
  4. Meu irmão, você é de que igreja? Acredito que se a opinião do seu Pr. for diferente da sua, ou se existir uma estratégia nesta festa que você desconhece, estará simplesmente sublevando a autoridade dele, desarticulando o sentido de união das mensagens da liderança, pondo o povo de Deus - as ovelhas na prova - dividindo a igreja e sendo desleal. Conhecimento é bom, mas sabedoria é melhor ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos por parte:
      Como bem disse o nossos irmãos ...Pedro e os apóstolos, [quando] disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens (At. 5.29). Respondendo, porém, Pedro e João, lhes disseram: Julgai vós se é justo, diante de Deus, ouvir-vos antes a vós do que a Deus. (At. 4:19)
      Como é isso estratégica adulterando os mandamentos bíblicos? A lei de Gerson, em quer os fins justificam os meios? Isso é pragmatismo. Tem mais prazer Deus que se faça sacrifícios do que sejamos fiéis a sua palavra? Bem profetizou Isaías e Jesus disse. ...Este povo honra-me com os lábios, Mas o seu coração está longe de mim;
      Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens". Marcos 7:6-7. Olhamos para o testemunho que Paulo dar de se mesmo
      E eu, irmãos, apliquei estas coisas, por semelhança, a mim e a Apolo, por amor de vós; para que em nós aprendais a não ir além do que está escrito... 1 Coríntios 4:6a.
      Existe uma diferença entre autoridade outorgada e autoridade inerente, sobre isso eu tenho muito o que fala mas o espaço é pouco, mas deixo a palavra do Senhor Jesus somada a do apóstolo Paulo que citei a cima
      "...se guardarem a minha palavra, também guardarão a vossa.
      João 15:20c.
      Quanto a divisão deixo as palavras de um grande pregador da mídia, que disse certa vez quando fazia uma denúncia "... o que divide a Igreja não é denunciar o erro e falar a verdade mas o pecado..."
      Agora acerca de sabedoria sem conhecimento eu não entendi como isso é possível, mas Amem!
      Graça e Paz sejam com todos vocês. Amem!

      Excluir
  5. Não da para ter meio termo ou somos ou não somos Cristãos lavados e remidos pelo sangue de CRISTO
    Não tem essa de estratégia! Temos que ter uma visão bíblica para o mundo
    e não o inverso.

    Festa que em outros tempos era criticada pela própria Igreja, mas agora se apropriam da mesma para fazer um lazer barato e COMPLETAMENTE PAGÃO.
    É verdade e não tem outro significado doa a quem doer
    Arrependam-se dos seus pecados aqueles que praticam tais coisas, pois JESUS CRISTO é fiel Justo para perdoar pecados.

    ResponderExcluir
  6. Essa(s) pessoa(s)que se intitulam "Choque de Ordem Brasil"; ou nunca estiveram num evento como este ou, são produtores e responsáveis por alguma destas festas ou são bajuladores de certos Pastores que autorizam essas abominações. Homens que servem ao Senhor; homens com suas familias pertecentes a uma certa igreja que organiza essa "festa", confidenciaram-me que nunca mais frequentaria uma festa dessas e não aconselha ninguém de bom senso a frequentar esta "coisa". Igrejas estão deixando de lado alguém de maior importancia para a vida do ser humano: chamamos, simplesmente, de JESUS CRISTO.Ele não está, nunca esteve e jamais estará fazendo parte disto e, se voces disserem que essas festas é para lazer para o povo das igrejas e visitantes, estão muito enganados e como "cristãos" que voces dizem que são, voces sabem quem é que engana. Vão e verdadeiramente se convertam; deixe que interesses financeiros ou outras abominações não tome o 1º lugar em vossas vidas. Este lugar é de Jesus Cristo, Autor e Consumador da nossa fé. Agora,se todas as mensagens que são e serão postadas neste blog, como testemunho das abominações que são essas "festas", se não tomarem vergonha, sinto muito mas voces não tem lugar no meio do povo de Deus. Não quero nem saber se esse tal "Choque" são pastores, membros ou de puxa-sacos, que voces devem abrir os olhos para o que esta acontecendo, antes que seja tarde demais.. Que a paz do Senhor seja com todo os CRISTÃOS de bem. Abraços Luís, fique com Deus.

    ResponderExcluir