sábado, 21 de julho de 2012

Por Que Eu Não Devo Fazer?



Introdução

Causa tristeza, ver vários crentes presos a questões se eles podem ou não beber vinho ou cerveja, se pode jogar na loteria ou no bicho, se podem fumar cigarro, assistir novela, ouvir música secular, comprar cd pirata, se podem colocar piercing, fazer tatuagem, etc. a lista é enorme.
Com todo temor e tremor falo isso, a minha tristeza estar no fato de estas questões só demonstrarem o tamanho de nossa pequenez espiritual, e de como ainda não fomos libertos desse mundo, de como ainda não nos despojamos do velho homem, ou que é pior pode demonstrar o tamanho de nossa carnal idade.
Sejamos sinceros, por mais que há muito tempo, os cristãos não tem envolvimento com coisas semelhantes a estas (e esta fato histórico já deveria ser também considerado), no entanto a Bíblia aparentemente não fala dessas coisas que mencionamos antes, então como podemos saber de uma vez por todas se podemos ou não (colocar tatuagem e usar piercing, por exemplo), visto que a Bíblia não fala claramente.

I – Antes de realizarmos essas e outras coisas semelhantes a estas devemos fazer as seguintes perguntas:

  1. A origem, ou a fonte daquilo que eu quero fazer é boa ou má?

• Se for má não faça. O Senhor Jesus nos mandou olharmos para a fonte ou origem de qualquer coisa antes de aceitar, quando O Divino Mestre falava acerca dos falsos profetas Ele nos advertiu dizendo: "... porventura colhem se uvas dos espinheiros e figos dos abrolhos”.
Não? Então essa ação é má ainda que aparente for um fruto bom. E Por quê?
"Por seus frutos o conhecerei... Assim toda arvore boa produz bons frutos e toda arvore má produz frutos maus. Não pode a arvore... má dar frutos bons. (Mt. 16-18).entenderam a fonte é má então o fruto é.


  2. Isso que eu vou fazer pode me levar ao vício?

• Se pode então não faça (1Co. 6.12).
“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.”

É muita pretensão uma pessoa achar que conseguirá usar qualquer coisa sem se viciar, visto que milhares e milhares de pessoas usaram a mesmas coisas e ficaram viciadas. Mas nós não! Somos lindos e maravilhosos, imune o que milhares de fracos não conseguiram parar quando quiseram. Esta é uma soberba tola e sem inteligência.

3. Isso que eu vou fazer provocará escândalo nas outras pessoas?

• Se vai escandalizar então não faça (1Co. 10.32).
“Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus.”

Muitas irmão em Cristo tem provocado escândalos nas outras pessoas, servindo de tropeço para aqueles quem Cristo morreu, se esquecendo da advertência do Senhor Jesus que seria melhor para tais pessoas “... amarrarem uma mó de azenha no pescoço e se lançar ao mar do que escandalizar um desses pequeninos...” . A palavra de Deus nos diz que Devemos fugir não só do pecado mais também daquilo que traz embaraço. “Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta.”(Hb. 12.1).

4. Será que isso que eu vou fazer vai profanar a casa de Deus, que é o meu corpo?

•  Se for, então eu não devo fazer.
Por que como é de conhecimento de todos os cristãos, que Deus não habita em templo feitas por mão humanas, e que cada pessoa lavada e remida pelo sangue do cordeiro é templo do Espírito Santo
“Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em nós habita tem ciúmes?” (Tg. 4:5)
“Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.”  (1Co. 6. 19-20).

Muitos irmãos são incapazes de falar sequer um palavrão dentro da igreja,  por que tem temor de profanar a casa de Deus, e isso é muito bom, no entanto não sentem temor de profanar o templo que foi feita pelas não divinas.
Obs. Eu nesses dias um pregador que eu estimo muito, dizer uma frase simples, que me fez chorar, ele disse: Nós cristãos levamos o Espírito Santo aonde agente vai.

5. Será que isso que eu estou fazendo estar glorificando o nome do Senhor?

• Não está! Então eu não vou fazer (1Co. 10.31).
“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.”

Nós fomos formados e somos chamados por Deus para a sua glória, para que o nome de Deus seja glorificado em nossa vida, esta foi à oração de Jesus. “Agora a minha alma está perturbada; e que direi eu? Pai, salva-me desta hora; mas para isto vim a esta hora. Pai, glorifica o teu nome. Então veio uma voz do céu que dizia: Já o tenho glorificado, e outra vez o glorificarei.” (Jo. 12:27-28).
Foi o que o Senhor Jesus disse para Pedro. “Na verdade, na verdade te digo que, quando eras mais moço, te cingias a ti mesmo, e andavas por onde querias; mas, quando já fores velho, estenderás as tuas mãos, e outro te cingirá, e te levará para onde tu não queiras. E disse isto, significando com que morte havia ele de glorificar a Deus. E, dito isto, disse-lhe: Segue-me.” (Jo. 21.18,19)


6. A ultima pergunta que se deve fazer é esta: Será que se Jesus estivesse aqui hoje Ele faria essas?

• Ele não faria? imagina Jesus cristo aqui hoje fazendo aquilo que vc quer fazer, participando daquilo que você quer participar, curtindo aquilo que você quer curtir. Ele faria? Então eu não devo fazer; vejamos por quê.





“Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele”
“ Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.”
“Mas vós não aprendestes assim a Cristo,
Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus;” (Cl. 2.6; 1Jo. 2.6; Ef. 4. 20,21).

O que a maioria de nós ainda não entendeu, que a vontade de Deus é que aqueles que aceitaram a Cristo como Senhor e salvador, não viva mais para se mas para aquele que lhe chamou. “E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.” “Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor.” “para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele.” (2Co. 5.15; Rm. 14.8; 1Ts. 5.10b).
Foi o que o apóstolo Paulo entendeu e viveu
“Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus.
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.” (Gl. 2.19,20).

A vontade de Deus é que cada crente reflita em se mesmo a imagem do Seu Filho (2Co. 3.18; Ef. 4.11-13; 3.18,19).
“Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.”
“E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo”
“E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.”

Deus através de seu Filho Jesus Cristo nos colocou aqui na terra como seus representantes (Ef. 5.1; Mt. 5.48).
• Jesus é filho de Deus, e nos fez filho de Deus (Jo. 1.10-12).
• Jesus é luz e nos fez luz (Mt. 5.14).
• Jesus e a rocha e nos fez pedra viva (1Pe. 2. 4,5).
• Jesus foi enviado por Deus, e nos enviou da mesma maneira (Jo. 20.21).

Conclusão:

Entendamos de uma vez por todas o que a palavra de Deus nos diz, que o amor de cristo nos constrange julgando nós assim, que se um morreu por todos logo todos nós morremos, e que assim como Cristo ressuscitou dentre os mortos todos nós revivemos juntamente com Ele, de sorte que estamos mortos para o mundo e vivendo para Deus, e que quanto ao trato passado devemos nos despojar de tudo. Para que a imagem de Cristo seja refletida em cada um de nós, é assim que o mundo reconhecerá que Cristo estar vivo, é que é o mesmo ontem, hoje e será eternamente, foi por isso que os discípulos em Antioquia foram chamados de Cristão, por quem olhava para eles e viam refletidos neles a imagem de Jesus.








Nenhum comentário:

Postar um comentário