sábado, 20 de abril de 2013

Diferença básica entre doutrina e dogma.



"Doutrina" – É a revelação da verdade conforme se encontra nas escrituras.

"Dogma" – São ensinos ou declaração de homens acerca da verdade, quando apresentada em um credo, ou seja, que são oficialmente aceitos pela igreja.

1. Diferença básica entre doutrina e costume.

• Há costumes bons e maus, no entanto as genuínas doutrinas bíblicas conduzem ao bom costume (Tt. 2.6-10; 1Co. 15.33; 2Ts. 3.6).

"Doutrina" – De origem Divina, tem um alcance universal e é imutável, por isso que a palavra de Deus é atemporal e transcultural.

Novo Testamento, a palavra mais usada para doutrina é didache e significa ensino, instrução, tratado e doutrina. Segundo o teólogo Claudionor Corrêa de Andrade, doutrina é a “exposição sistemática e lógica das verdades extraídas da Bíblia, visando o aperfeiçoamento espiritual do crente”. Doutrina, portanto, é o resultado do um ensino teológico, adotado por uma denominação ou religião.


"Costume" – pode se entender como um ensinamento humano, com um alcançar local e temporal. E não pode de modo algum se imposto por alguém, mas deve ser algo comum e voluntário do homem para Deus.

O lexicógrafo Aurélio Buarque de Holanda definiu costume como “uso, hábito ou prática geralmente observada” 
1. O dicionarista Adriano da Gama Cury definiu, de maneira mais completa a palavra costume, como “uso, prática habitual; modo de proceder; característica, particularidade; prática jurídica ou religiosa não escrita, baseada no uso; moda; traje característico ou adequado...”
2. Essas definições mostram que o costume é um hábito repetidamente adotado por um determinado grupo social. Os costumes fazem parte da identidade de uma instituição.

2. Formas diferentes de doutrina.

Há pelo menos três formas de doutrina, uma ê sublime e santa, as outras são perniciosas, nocivas, prejudiciais e maléficas.

• Doutrina de Deus – (Dt. 32.1-2; Pv. 4.2; Mt. 7.28; Jo. 7.16; At. 2.42; 13.12; Tt. 1.14).
Doutrina de homens – (Jr. 33.16; Mt. 15.9; 16.12; Cl. 2.22; Tt. 1.14).
Doutrina de demônios (1Tm. 4.1; Mt. 13.19; Tg. 3.15; 1Jo. 4.1; 2Jo. 7).

Conclusão:
 
A distorção da doutrina bíblica vem em grande parte das igrejas neopentecostais e de outros grupos similares. Também vem das seitas falsas, como Ciência Cristã, Igreja Local, Igreja da Unificação, Igreja Messiânica, Testemunhas de Jeová, Mormonismo, Tabernáculo da Fé, Voz da Verdade, Igreja "Só Jesus" etc.

Grande parte dos falsos ensinos está relacionada às operações, ministérios e manifestações do Espírito Santo. Escrevendo a Timóteo, o apóstolo Paulo falou sobre os desviados da doutrina (2Tm 2.18; 4.4). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário