sábado, 27 de abril de 2013

O Sacerdócio Levítico e a Igreja: (Lv. 8.1-6; 22-240)



    Introdução:
    
    A semelhança existente entre o sacerdócio Levítico e a Igreja, é que também fomos constituídos sacerdotes como Eles (Ap. 1.6). Muitos dos detalhes que caracterizavam aquela sacerdócio, são figuras para nós, Igreja (Hb. 9.9), pois eram sombras de bem futuros (Hb. 10.1). Vejamos:


1.                 A chamada:

Deus nos chamou e nos constituiu sacerdotes (1Pe. 2.5,9).

2.                 A Santificação:

Fomos lavados pela palavra (Ef. 5.25,26) e purificados pelo sangue de Jesus (1Pe. 1.18,19).
As exigências físicas daquela época apontavam para a perfeição moral, física e espiritual de Jesus, nosso Sumo Sacerdote, e também a perfeição do sacerdócio espiritual exercido pela a Igreja do Senhor.

3.                 A vestimenta:

A Igreja esta vestida com a vestimenta da salvação (Is. 61.10), e pronta para o arrebatamento (Ap. 19.7)

4.                 A unção:

Os salvos foram ungidos com o poder de Deus (1Jo. 2.20; At. 1.18).

5.                 A consagração:
Todos recebemos a aspersão do sangue de Jesus Cristo:
a)   Na orelha, nos ouvidos: Para ouvirmos a vós de Deus (Jo. 10.3-5; Ap. 2.7).
b)  No polegar da mão: Para realizarmos a obra pura que glorificam a Deus (Jó 17.9; Sl. 24.3,4).
c)    No polegar do pé: Para trilharmos o caminho que agradam a Deus (Sl. 40.2; Gl. 5.25).

Portanto, isto significa a aspersão do sangue de Jesus da cabeça a planta dos pés, para a vitória total.

6.                 O serviço:
O sacerdote devia ocupar-se diariamente co três coisas que estão relacionado com o nosso trabalho diário:
a)   Incenso (Ex. 30.8): Símbolo constante da oração (Sl. 141.2; At. 2.42).
b)  Azeite (Ex. 30.7,8): Representa renovação diária (2Co. 4.16).
c)    Lenha para o fogo (Lv. 6.12,13): Significa o fervor espiritual (Rm. 12.11).
Obs. O sacerdote devia trazer a lenha de casa quando viesse para exercer o serviço e depois da lenha queimada retirar as cinzas. Isso no fala de um consagração constate para que o fogo do espírito queime quando o crente estiver na casa de Deus, e durante o culto devemos ouvir a palavra orar para tirar as impurezas que podem fazer o fervor espiritual apagar, isso esta representado nas cinzas que eram retiradas.
A pessoa passa a semana, ou o dia de qualquer jeito e quer chegar na
Igreja e sentir a presença de Deus, traga lenha pra ver se o fogo do Espírito não pega.

Conclusão: 

Como eles também somo intercessores (1Tm. 2.1-3). no entanto se o sacerdote oferecesse fogo estranho era reprovado pelo Senhor

Nenhum comentário:

Postar um comentário