terça-feira, 16 de abril de 2013

Em que situação nós somos tentados:




Quais são as situações que nós estamos sujeitos a sermos tentados ou provados, para que se estiverem
em tal situação sabemos possamos estar atentos.

1.          Somos Tentados quando estamos sozinhos:

1.1.                       Ha exemplo de Jesus:
Foi provado quando esteve sozinho no deserto (Mt. 4).
Foi provado quando esteve sozinho no Getsamani (Mt. 27.36-42).
O interessante de se observar é que Jesus estava vigiando: por que prava e jejuava e era experimentado na palavra, por isso Ele pode resistir a esta tentação:

1.2.                       Há exemplo de José (Gn. 39)
Que era tentado pela mulher de Potfar.

1.3.                       Há  exemplo de Gideão (Jz. 6):
Que sozinho no momento de provação continuou trabalhando malhando trigo em um lagar.

1.4.                       Há exemplo de alguns profetas como:
·     Elias: que sofreu sozinho no deserto o pavor de uma ameaça de morte.
·     De Jeremias: Que sofreu sozinho a dor de ser jogado em um calabouço (Jr. 36).
·     Daniel que foi jogado na cova dos leões (Dn. 6)

1.5.                       Há exemplo do apóstolo Paulo:
 Que muitas vezes foi desamparado: Na macedônia (Fp. 4.15), em Roma (2Tm. 1.15,16; 2Tm. 4.9-11).
Obs.  Mas em todos esses casos você observará que eles falaram que deus não os tem deixado só, que eles foram assistidos por Altíssimo, que Todo-Poderoso os amparou. Temos que sita sim o Salmo 23 3 0 91).

Obs. Neste momento a vontade que nós temos é de largar tudo, de pecarmos, de jogar tudo para alto.

   1.6.                       O Perigo de estar desacompanhado:
Como vimos antes foi neste momento que a mulher de Potfar, investiu contra José, e há exemplo das pessoas das pessoas citadas acima ele também sabia que Deus era com Ele (Gn. 39.2, 3, 21, 23), por isso ele conseguiu resistir e ser provado, mas nem todos foram assim:

    ·     Eva estava sozinha quando foi tentada pela serpente (Gn. 3).
    ·     Davi estava sozinho quando foi tentado com a mulher de Urias (2Sm. 11).
    ·     Sansão  (Jz. 16. 1-3).

Obs. Duas coisas eu quero destacar:

(1)                 Existe também alguns casos em que você mesmo estando acompanhado sofrerá tentação como o caso de  Hananias (Sadraque), Misael (Mesaque), e Azarias (Abede-Nego) Daniel 3; e de Paulo e Silas (At. 16.19-29).
(2)                 Infelizmente existe nas igrejas hoje uma coisa que eu chamo de “corrente do mal”, é esta solidariedade ou compreensão com o pecado do irmão, é um partidarismo, uma parceria para se cometer pecado. Uma pessoa sabe que um irmão esta cometendo um pecado que ele gostaria de fazer, e não o reprende, muito pelo contrário se junta com Ele para fazer o mesmo e assim constroem a “corrente do mal”. Fuja disso em Nome de Jesus.

1.2. Somos provados quando tudo vai bem:

Temos como exemplo disso:
   ·     Salomão
·     Neemias (Ne. 1.1-4): Que estava vivendo bem no palácio do rei, e foi incomodado por Deus a socorrer os seus irmãos.
·     O Senhor Jesus (Fp. 2): Que vivia na Glória junto ao Pai, e veio para essa Terra para sofrer e morrer por nós.
·     O Bom Samaritano (Mt. 10.25-37): Que poderia seguir tranquilo pelo seu caminho, mas parou para socorrer um pessoa na estrada.
·     Adão e Eva (Gn.3)
·     O povo de Israel depois de conquistar a Terra prometida.
·     O Rei Nabucodonosor (Dn. 4.1-37).
·     O Pastor Diótrefes (3Jo. 9-10)


1.3.Somos provados na maneira em que nos doamos:
·     Sansão (Jz. 16.28-30), que entregou a sua vida para cumprir a vontade de Deus, estva sempre sendo tentado a não se enregar a Deus inteiramente.
·     Neemias, que poderia ficar no conforto em que vivia no palácio, mas se doou para o seu povo (Ne. 1-4).
·     O Senhor Jesus, que foi tentado a não cumprir ate´o fim o que Deus tinha determinado para Ele, quando pedro usado por Satanás disse para Ele não ir até a morte de cruz (Mt. 16)
·     O bom Samaritano, que não fez como o sacerdote e o levita passando de largo, mas se doou para aquele homem.
·     O apóstolo Paulo (Fp. 3.8; 2Co. 12.15).

1.4.Somos tentados quando é preciso haver renuncia:
Há ocasião que a renuncia é de coisas pequenas, entretanto em outros casos a renúncia e de coisas grandes, mas isto é um mandamento de Jesus (Mt. 10.38,39; 16.24-26).
      ·     Enoque: que renunciou o mundo da época para andar com Deus.
·     Moizes: que preferiu sofrer com seus irmãos do que ser egípcio (Hb. 11).
·     Daniel, Azarias, Misael e Hananias: Que renunciaram o banquete do Rei para não se contaminarem.
·     O Senhor Jesus: Que não teve por usurpação ser igual a Deus,mas doou a se mesmo (Fp. 2).
·     Os discípulos: Que deixaram tudo para seguir a Jesus (Mt. 19.27-30).
·     O apóstolo Paulo (Gl. 1.10-15; Fp. 3.3-8).

1.4.1.                       Exemplo de Pessoas que "não renunciaram" por amor de Deus.
·                 Mulher de Ló (Gn. 19.26; Lc. 17.32), e seus genros (Gn. 12-14). por isso foram condenados com o povo de Sodoma.
·                Os judeus quando caíram na idolatria (Ex. 32).
·                Os que buscavam Jesus só pelo pão (Jo. 6.25-26).
·                Aqueles que não queriam ser expulsos da sinagoga (Jo. 9.22; 12.42,43).
·                O jovem Rico (Mt. 19).
·                Os que queriam seguir Jesus mais tarde (Lc. 9.57-62).

Obs. Jesus nos dar exemplo na “Parábola da Ceia” 

Conclusão:


Nós somos muito tentado todos os dias, mas e nós evitarmos os momento que nos deixa mais vulneráveis, somos tentados em várias área de nossa vida, mas saiba que não vem sobre nós tentação senão humana, mas fiel é Deus que não nos deixará tentar acima do que podemos junto coma tentação Ele dará também o escape. Amem!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário