quinta-feira, 11 de abril de 2013

Jesus O Profeta:



"Profeta".  No original "nabi" que sig. "Porta voz" e "pregador". "chozeh" (pronuncia roeh), que significa "vidente" aquele que ver o futuro e anuncia.

* A definição teológica para profeta é pregador, aquele que prega abertamente a palavra de Deus, e faz revelações  proféticas, pois tem  a capacidade dada por Deus de revelar segredos ocultos e eventos futuros   ainda  proferem mensagem  de juízo.

Jesus  como  Profeta (Dt. 18.15, At. 3.22,23).

 Jesus em seus ministério terreno possuía todas as característica acima mencionadas. É por isso que constantemente o povo se admirava da doutrina de Jesus (Mt. 7.28; Mc. 6.1; Jo. 7.15) ao ponto de os servidores enviados para o prender não conseguiram depois que o ouviram pregar (Jo. 7. 32, 44-45).

Obs. Como nós estamos precisando hoje em dia de homens que preguem a palavra, sem adulterar a mensagem, que preguem com o  foco na soberania de Divina e na centralidade em Cristo e não no homem, que falem das verdadeiras promessas, mas também do Juízo que se aproxima.

  • Jesus  foi reconhecido como profeta (Mc. 1.27, 6.4,14, Lc. 7.16, Jo. 6.14, 9.17):

  •  Jesus declarou que era um profeta (Mt. 13.57, Mc. 6.4, Lc. 13.33, 4.24, Jo. 5.46):

A maior característica de um profeta: Não era só ser um oráculo de Deus mas eles sentiam o que Deus sentia e eram um exemplo para o povo.
Jesus foi profeta por que amou a verdade, pregou a verdade e viveu a verdade e morreu pela verdade. E como Ele mesmo disse, fez tudo isso para agradar ao Pai e nos deixar exemplo.

Obs. Nós deveríamos ser, exemplo no meio dessa geração corrompida e perversa  afastada de Deus e entregues a satanás. Ai sim poderíamos dizer que estamos profetizando, ou que realizamos atos profético. Só seria válido se nos fossemos um exemplo de Deus na terra, denunciando o pecado, o mundanismo e o mal. Ato profético não é você levar um objeto para casa, não é você determinar sobre alguma coisa que quer conquistar ou usar algum elemento da antiga aliança, mas é viver como profeta.

Conclusão:

Jesus como  profeta  era superior aos  profetas do V.T. porque Ele não   anunciava a salvação,  como  era o próprio salvador (Lc. 10.24, 19.10, 1Pe. 1.10).
O profeta  que foi  um exemplo  para  o  povo foi  Moisés, porém o que  teve a mensagem  mais poderosa foi  o profeta Jonas, com a mensagem que continha uma frase apenas salvou uma cidade inteira. Jesus disse  que era superior a Jonas (Mt. 12.41).

Nenhum comentário:

Postar um comentário