terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Batismo Infantil????



O Batismo Infantil é uma das doutrinas mais críticas da Igreja Católica, e muitas Igrejas evangélicas históricas tem essa prática.

"Por nascerem com uma natureza humana decaída e manchada pelo pecado original, também as crianças precisam do novo nascimento no Batismo, a fim de serem libertadas do poder das trevas e serem transferidas para o domínio da liberdade dos filhos de Deus, para o qual todos os homens são chamados. A gratuidade pura da graça da salvação é particularmente manifesta no Batismo das crianças. A Igreja e os pais privariam então a criança da graça inestimável de tornar-se filho de Deus se não lhe conferissem o Batismo pouco depois do nascimento." P. 348, #1250

O Catolicismo nos conta onde esta doutrina básica se originou:
"A prática de batizar as crianças é uma tradição imemorial da Igreja. É atestada explicitamente desde o segundo século..." P. 348, #1252 (Ênfase do autor)

Aqui o Catecismo admite que esta doutrina não é baseada na Escritura. É uma tradição humana. A admoestação de Paulo cairia bem aqui:

"Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo." Colossenses 2:8

O Batismo na Bíblia

O que torna esta prática especialmente perturbadora é que a Bíblia não registra uma única ocorrência de qualquer criança sendo batizada. Pelo contrário, qualquer menção sobre o Batismo envolve pessoas bastante crescidas para ouvir e receber o evangelho. 

Jesus já era adulto quando foi batizado:
"Batizado Jesus, saiu logo da água..." Mateus 3:16

Através de toda a Bíblia o Batismo sempre veio depois da salvação. O eunuco etíope que foi levado à salvação por Filipe era um adulto quando foi batizado:
"...Ambos desceram à água, e Filipe batizou o eunuco." Atos 8:38

Outros foram batizados depois que creram:
"Mas Crispo, o principal da Sinagoga, creu no Senhor, com toda a sua casa; também muitos dos Coríntios, ouvindo, criam e eram batizados." Atos 18:8

Obs. muitos podem usar esse texto para argumentar que todos naquela casa fora, batizados inclusive as crianças, mas isso é uma mera especulação, porque que o textos deixar bem claro que foram batizados todos aqueles que ouvindo a palavra e creram.

Depois que alguns escutaram a mensagem de João Batista para se
arrepender, eram batizados por ele confessando os seus pecados
"…batizados no Rio Jordão, con-fessando seus pecados." Mateus 3:6

Obviamente, crianças recém-nascidas não podiam se arrepender, crer ou confessar seus pecados. Por conseguinte, elas não eram qualificadas conforme a Escritura para serem batizadas.

O carcereiro de Filipos. Quando o carcereiro de Filipos, que guardava Paulo, perguntou: "Que devo fazer para ser salvo?" (Atos 16:30), Paulo respondeu: "Crê no Senhor Jesus" (v. 31). Depois que ele creu, Paulo o batizou (v. 33).

Quando Pedro pregou, em Atos capítulo 2:
"… os que lhe aceitaram a palavra foram batizados, havendo um acréscimo naquele dia de quase três mil pessoas." Atos 2:41

Quando Filipe pregou ao povo de Samaria, homens e mulheres foram batizados, mas nenhuma criança o foi:
"Quando, porém, deram crédito a Filipe, que os evangelizava a respeito do reino de Deus e do nome de Jesus Cristo, iam sendo batizados, assim homens como mulheres." Atos 8:12

Se a Palavra de Deus é tão explícita que somente aqueles bastante
crescidos para ouvir e receber a Palavra de Deus devem ser batizados, então por que o Catolicismo, e muitas Igrejas evangélicas insistem para que os recém-nascidos sejam batizados?
É para trazer as pessoas amarradas à Igreja, logo depois do seu
nascimento? Resolva esta questão dentro do seu próprio coração.

Conclusão

Quando você foi batizado em criança, você foi realmente batizado ou foi apenas aspergido com um pouco d'água? Isso vai depender apenas do que você vai acreditar - na Palavra de Deus ou nas tradições dos homens. Por favor, guarde na mente as palavras que Jesus disse sobre os líderes
religiosos do seu tempo:
"...Jeitosamente rejeitais o preceito de Deus para guardardes a vossa própria tradição." Marcos 7:9

3 comentários:

  1. Seu texto áureo: "quem crê e for batizado será salvo". Algumas questões para nossa reflexão:

    1ª) O que não for batizado não será salvo? Batismo salva?

    2ª) A conclusão dessa interpretação é a seguinte: Criança não pode crer,logo, não pode ser batizada, ok? Vamos utilizar a mesma metodologia para interpretar um texto do apóstolo Paulo, quando diz: "aquele que não trabalha também não coma". Ou seja, usando sua lógica, a interpretação seria a seguinte: Criança não pode trabalhar, logo, também não deve comer? Estranho não é? Forte indício de que essa interpretação está equivocada.

    3ª) Para entender a doutrina do Batismo infantil é preciso entender a doutrina da circuncisão, ambos, rito de entrada visível na igreja de cristo. Assim como as crianças eram circuncidadas mediante a fé dos pais e/ou tutores, assim também devem ser batizadas na fé dos pais. Em colossenses Paulo chama o Batismo de circuncisão de Cristo. A equivalência é claríssima. Assim como a páscoa fui substituída pela ceia, igualmente a circuncisão foi substituída pelo batismo.

    Espero ter contribuído.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. O que é que tem haver uma coisa com a outra? O Batismo não tem nada haver com a questão de trabalhar...não confunda as passagens bíblicas . Isso é ignorância pura! Um bebê não tem consciência dos seus atos e nem sabe o que é pecado; a partir do momento que o indivíduo é conhecedor da verdade e pode escolher se quer ou não acreditar em Cristo e na sua salvação aí sim ele está apto a renunciar o mundo e renascer para Cristo Sim o Batismo é isso, renascimento ( algo muito sério), você morre para o mundo e passa viver debaixo da lei de Deus. Quantos se batizaram quando bebês e hoje são ladrões, nem tiveram direito de escolher qual caminho seguir. O que os evangélicos fazem é apresentar seu filho a Deus perante a igreja para que cuide dos seus caminhos até que possa responder por si. Imagina os bebes que morrem sem ser batizado, acha que iriam queimar no fogo do infernos? Claaaaaro que não , não existe nada sobre isto na bíblia , porque Deus é Justo .

    ResponderExcluir
  3. As Igrejas reformadas continuaram batizando crianças por que herdaram essa tradição da Igreja católica, temos que admitir que a reforma não foi feita organizadamente, os reformadores não queriam realizar uma reforma, mas um protesto, uma denuncia, mas a reforma surgiu e assim as comunidades que se formaram continuaram todas elas com muitos costumes da Igreja Católica, e aos poucos foram deixando alguns desses costumes, a Igreja presbiteriana Usa estola sacerdotal até hoje como prova disso.
    A Igreja católica batizava as crianças para livra-las do Limbo, hoje essa heresia não é mais aceita pela Igreja Católica, mas eles continuam batizando crianças. E infelizmente Igrejas com grande conhecedores continuam não só a batizar crianças, com batizar adulto por aspersão e não por imersão.

    ResponderExcluir