sábado, 7 de março de 2015

Para quem foi dirigido o Sermão do Monte?


 E Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos; E, abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo: Mateus 5:1-2

O sermão do monte foi dirigido para aqueles que já  eram seguidores e discípulos de Jesus, que o conheciam e que eram seguidores da lei mosaica e dos ensinos dos escribas e fariseus. Por isso não pode ser exigido o seu 
cumprimento por aqueles que não nasceram de novo, porque as coisas espirituais se discerne espiritualmente.


Observem que Jesus primeiro liberta o povo das trevas ( Mt. 4.12-25).

E, deixando Nazaré, foi habitar em Cafarnaum, cidade marítima, nos confins de Zebulom e Naftali; Para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías, que diz: A terra de Zebulom, e a terra de Naftali, Junto ao caminho do mar, além do Jordão, A Galiléia das nações; O povo, que estava assentado em trevas, Viu uma grande luz; aos que estavam assentados na região e sombra da morte,A luz raiou. Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. Mateus 4:13-17 

E percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas suas sinagogas e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo. E a sua fama correu por toda a Síria, e traziam-lhe todos os que padeciam, acometidos de várias enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos, e os paralíticos, e ele os curava. E seguia-o uma grande multidão da Galiléia, de Decápolis, de Jerusalém, da Judéia, e de além do Jordão. Mateus 4:23-25

Depois Ele lhe ensina os princípios ético de uma vida espiritual autentica, o qual é gerada pelo novo nascimento (Jo. 3).

O que Jesus estava ensinando neste sermão era inédito para os seus seguidores: ao mesmo tempo em que Ele responsabilizava cada um por suas ações, Ela garantia consolo e vitória para os chorosos, humildes, famintos e sedentos por justiça. 

Se o sermão do monte não se aplica a nós hoje as promessas, as benção nelas contidas também não se aplicam

Conclusão:

É bem provável que depois deste momento os ensinos do sermão do monte tenha sido repetidas em diversas outras ocasiões (Mc. 9.49,59; Lc 6.20-30, 37-38, 41-42, 46-49; 11.2-4, 9-13; 34-36; 13.24; 14.334,35; ). Demonstrando que os ensinamentos ali contidos deveria fazer parte da vida daqueles que se denominavam seguidores de Jesus

O Sermão da Montanha era e é a principal doutrina aos seguidores de Jesus, primeiro aos seus discípulos direto agora, a cada um de nós. Ela é a exata expressão do propósito de Deus para o seu povo (1Pe. 1.13-16; Mt. 5.48; Ef. 5.1.). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário