domingo, 22 de março de 2015

A Realidade dos Anjos


Os Anjos são Reais: Independente das ideias e fantasias mitológicas das religiões do
mundo, a revelação aceitável no mundo se encontra na Bíblia.

1. Os anjos são reais.

A palavra no hebraico é ma'ak e no grego angellos, que significam a mesma coisa: mensageiro, enviado. O termo anjo aplica-se a todas as ordens de espíritos criados por Deus (Hb. 1.14). Os anjos são seres espirituais feriados especialmente com a mais alta destinção entre todos os seres vivos criados por Deus, e a palavra de Deus destaca a manifestação desses seres (Jó 38.6,7; Hb 2.2; Lc 2.13; Mt 4.11; 28.2; Lc 24.4,5; At. 1.10).

2. Existam anjos bons e anjos maus.

Na criação original dos anjos, não houve essa distinção entre bons e maus. A bíblia declara que os anjos foram criados no mesmo nível de justiça, bondade e santidade (2 Pe 2.4, Jd 6). O que os define entre bons e maus é o fato de que eles foram criados como seres morais com livre-arbítrio, e dai a liberdade de escolha consciente entre bem e o mal. A queda de Lúcifer deve-se a esta condição moral dos anjos (Is. 14. 12-16; Ez. 28. 12-19).
A palavra Deus fala a respeito dos anjos que pecaram contra o Senho e não guardaram a sua santidade (2Pe 2.4; Jd 6; Jo 4.18-21). Aos anjos que não pecaram, Deus o exaltou e os confirmou a sua posição celestial e para sempre estarão a sua presença, contemplando e executando a vbintade do Senhor (1Tm 5.21; MT 18.10).

Conclusão

A quantidade existente de anjos é única e incontável, porque desde que quando foram criados não foram aumentados nem diminuídos. Eles não procriam e foram criados todos de uma vez pelo poder da Palavra de Deus, são mimilhares e milhares, multidão dos exércitos do céu (Ap 5.11; Dn 7.10; Dt. 33.2; Hb 12.22; Lc.2.13

É impossível determinar o numero de anjo, por que é incontável, ou seja o mesmo número desde que foram criados (

Nenhum comentário:

Postar um comentário