quarta-feira, 8 de agosto de 2012

A Imagem de Deus


   
 Introdução:

 Deus criou o homem do pó da terra (Gn. 1.26-27; 2.7). O homem é a coroa da criação de Deus (1Co. 11.27) e foi criadas a sua imagem e semelhança (Gn. 1.26). O fato de o homem ser a imagem e semelhança de Deus, não quer dizer que o homem foi criado representando a forma física de Deus, porque o Senhor é Espírito, Eterno informe e Imutável (Jo. 4.23,24; Lc. 24.39). E não tão pouco significa a divinização do homem, por isso devemos evitar dois sérios equívocos, atribuir a Deus que ele possui um corpo com forma física e elevar o homem a uma classe divina.


   1. Deus criou o homem perfeito.

O nosso deus é perfeito e bom e todas as suas obras são perfeitas o boas (Gn. 1.31; Ec. 7.29a)

   2. O homem um ser tricotômico (1Ts. 5.23; Zc. 12.1):

A constituição do homem de acordo com as sagradas escrituras se destaca por que ele é um ser tricotômico, composto de: espírito, alma e corpo (1ts. 5.23; Hb. 4.12).
Sendo semelhante ao seu criador que é Trino: Pai Filho e Espírito Santo.


2.1..  O espírito humano:

O espírito é que faz o homem diferente de toda as demais criaturas; é o centro da fonte da vida humana, é a parte do homem que tem uma relação com Deus, é  o que dar ao homem a condições de discernis entre o bem e o mal, é onde o Espírito Santo  passa a habitar transformando em um verdadeiro adorador (Jo. 4. 23,24).

Por intermédio do espírito que nós entramos em contato e servimos a Deus (Rm. 1.9), por isso devemos servir a Deus com um espírito quebrantado (Sl. 51. 17), voluntário (Sl. 51. 12) e reto (Sl. 51. 10).
Não podemos separar a alma do espírito, pois ambos formam uma unidade indivisível (1Co. 14.15), por isso às vezes aparecem como sinônimo na Bíblia (Gn. 2.19; Sl. 42.2)

2.2.  A alma do homem:

A alma é a sede da consciência, razão, memória, imaginação e afeição, a alma é o coração, o principio inteligente e vivificante do corpo, ele utiliza os sentidos físicos para entrar em contato com o mundo exterior.

2.3.  O corpo do homem:

O corpo não é o estado final do nosso ser. O seu movimento é proveniente da alma, que penetra e habita em toda as partes do corpo, sentir pensar e exercer vontade própria, são atividades da alma que muitas vezes são manifestadas pelo corpo (Sl. 73.21; Pv. 23.16; Jó 16.13; Is. 16.11; Jo. 7.38).

 Embora não seja fácil explicar a tricotomia humana, ela, todavia é uma realidade, Deus criou o homem com alma espírito que é conhecida como “homem interior e habita em um corpo que é o “homem exterior” (2Co. 4.16).


  3.   Deus criou o homem com personalidade.

O homem possui três grandes faculdades, três grandes potencialidade, que o constitui como um ser pessoal (Lc. 10.27)
  • Afeição ou sentimento (Pv. 4.23).
  • Volição ou vontade (Is. 1.19).
  • Intelecto, ou inteligência, conhecimento (Jo. 8.32).
Por isso o homem sabe quem é, tem condições de pensar, agir, sentir, criar, destruir e ter sentimentos, expressando isso tudo através de palavras, ações e emoções.


3.1. Deus criou o homem com livre arbítrio.

Deus tem liberdade para fazer tudo como Lhe apraz, de acordo com a sua vontade, e por isso mesmo criou om homem com livre arbítrio. Para que ele pudesse ter liberdade de ação, agindo além que instintivamente.
Deus deu ao homem o poder de fazer escolhas, inclusive de ter a liberdade de querer obedece-lo ou não (Jr. 21.8; Dt. 11.26; 30.19; Is. 1.19,12; 56.4; Lc. 10.42).

4. Deus criou o homem eterno.

Sendo o homem a imagem e semelhança de Deus, ele foi criado eterno, ou seja para viver eternamente (Jr. 10.10; 1Tm. 1.17), Deus fez o homem alma vivente (Gn. 2.7), assim todos nós somos a sua geração (At. 17.28), todo homem é portador da eternidade dentro de si e a sua alma não pode morrer (Mt. 10.28); somente o corpo do homem se tornou mortal por causa da queda, porém todos iremos ressuscitar um dia, os justo para a vida eterna e os ímpios para condenação eterna (Jo. 5.28,29; Dn. 121.2; At. 24.15; Fp. 3.11).

5. O objetivo real da criação.

Existem expressões no relato bíblico referente a criação do homem, que nos dar a compreensão bíblica do ser humano: a imagem e semelhança de Deus, é antes de tudo, um conceito social e comunitário, de unidade de um deus trino porém único (Gn. 1.26).
Os termos 'Deus"; "façamos" e "nossa", são uma alusão a Trindade: Em que deus é três pessoas, todas as três pessoas são plenamente Deus, mais é um só Deus.

As escrituras apresentam um aspecto particular da natureza humana, com aquilo que corresponde com o aspecto social e comunitário da natureza de Deus. Deus cria o ser humano como homem e mulher, não como um individuo solitário, porém duas pessoas, visando a união de ambos para que os dois se tornem "UM". (Gn. 2.24).
Assim como o Pai, o Filho e o Espírito Santo são um, para que eles vivam uma comunhão perfeita se tornando uma família, esse é o mesmo objetivo de Deus para a sua igreja como esta registrado em At. 17;  assim ele restaura o que foi perdido no Éden (Tg. 1.18).

Quando Deus escolheu criar o ser humano a sua própria imagem, ele objetivou criar uma família, macho e fêmea os criou, para que o homem vivesse em comunidade, refletindo a imagem de Deus. 

Deus dar ao ser humano a capacidade de gerar vida - A trindade que é um Deus e ao mesmo tempo uma comunidade de pessoas, tem só ela só o poder de criar e de gerar vida, no entanto o que vemos é que esse Deus, deu a sua criaturas a a capacidade de gerar vida, quando macho e fêmea se une tornando-se uma só carne.
é isso mesmo, deus continua exercendo o seu papel criador, usando como instrumento a sua criatura. O primeiro homem foi feito do pó da terra, a primeira mulher da costela de Adão, porém os demais homens e mulheres são criados por Deus, quando um homem e uma mulher se unem se tornando uma só carne. Aleluia. Jesus é bom!

Conclusão 1:

Por mais que o homem seja um ser tricotômico, ele não é três pessoas, mas deus é três pessoas, é a imagem de Deus , mas parece que não é completamente semelhante, igual nunca seremos, mas para que fossemos semelhantes teríamos que ser também três pessoas. é uma coisa poeticamente linda e real, quando o homem se une a sua mulher ele se tornam três.
  • Deus
  • O homem
  • E sua mulher
É lamentável que após a queda essa aliança é quebrada, em breve vou estar postando um estudo sobre a falência da Família. no entanto para isso o filho de deus se levantou para destruir todas as obras do Diabo.

Conclusão 2. 

Uma vez perguntaram a Jesus se era lícito pagar tributo a Cesar, ele pediu uma moeda e disse: de quem é a imagem nesta moeda? E eles responderam de Cesar. então disse Jesus: De a Cesar o que é de Cesar, e de a Deus o que é de Deus.
Muitos usam esse texto imaginando que Jesus estava falando dr dízimos e ofertas, mas não era, a única coisa desse mundo que tem a imagem de deus é o ser humano, o que Jesus estava dizendo é de a Deus o que é de Deus, o homem que é a sua imagem e semelhança. 




                                                                                                                        



Nenhum comentário:

Postar um comentário