sexta-feira, 23 de março de 2018

Coloque as mãos aonde possa alcançar

O homem de Deus deve se preocupar em
não colocar a mão aonde não pode alcançar, também no que tange em desejar ser agraciado naquilo que vai fazer ele se perder, com aquilo que ele não vai saber como lhe dar.
O Senhor nos adverte a tomarmos cuidado com o nosso estado emocional e espiritual nesse sentido, em que tão ruim quanto querer o que não se pode ter, os avarentos, é mesmo podendo ter, não se preocupar com o efeito disso na sua vida, se o mesmo se tornará outra pessoa. Analisemos esse texto escrito por Paulo a Timóteo, para a igreja de Éfeso.

Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos;
Que façam bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente, e sejam comunicáveis;
Que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam se apoderar da vida eterna. (1 Timóteo 6:17-19)

Das várias recomendações contida neste texto, eu destaco:

1. O fato de O Senhor mandar aqueles que foram agraciados por Ele com bens, que não sejam altivos, ou seja soberbos, arrogantes, orgulhosos.

é uma das sete características que Deus abomina, de acordo com uma passagem na Bíblia.
No livro de Provérbios,  6: 16-19, a Bíblia afirma: "Existem sete coisas que o Deus Eterno detesta e que não pode tolerar: os olhos altivos, a língua mentirosa, mãos que matam gente inocente, a mente que faz planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que diz mentiras e a pessoa que provoca brigas entre vcamigos."

E disse-lhes: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações, porque o que entre os homens é elevado, perante Deus é abominação. Lucas 16:15


2. Que não coloque a sua esperança na riqueza e que junte para si aquilo que seja pra vida eterna.

Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. (Mateus 6:19-21)


E eu vos digo: Granjeai amigos com as riquezas da injustiça; para que, quando estas vos faltarem, vos recebam eles nos tabernáculos eternos. (Lucas 16:9)

Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?
E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?
E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. (Mateus 25:34-40)


3. Que eles sejam comunicáveis, ou seja, que eles sejam acessíveis aos outros, que partilhem não só dos bens materiais, como já está explícito no texto: "Que façam bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente..."; mas que partilhem de si mesmo, do seu tempo, que comunguem, que tenham comunhão, que tenham contato, que não se destaquem. E que não queiram, e não permitam serem destacados dos outros.
Sobre a comunhão eu acho que não precisamos destacar, mas vou me ater ao fato de que o Senhor abomina aqueles que querem ser destacado dos outros, entre os irmãos.

E disse-lhes: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações, porque o que entre os homens é elevado, perante Deus é abominação.  (Lucas 16:15)

Guardai-vos dos escribas, que querem andar com vestes compridas; e amam as saudações nas praças, e as principais cadeiras nas sinagogas, e os primeiros lugares nos banquetes; (Lucas 20:46)

disse aos convidados uma parábola, reparando como escolhiam os primeiros assentos, dizendo-lhes:
Quando por alguém fores convidado às bodas, não te assentes no primeiro lugar; não aconteça que esteja convidado outro mais digno do que tu;
E, vindo o que te convidou a ti e a ele, te diga: Dá o lugar a este; e então, com vergonha, tenhas de tomar o derradeiro lugar.
Mas, quando fores convidado, vai, e assenta-te no derradeiro lugar, para que, quando vier o que te convidou, te diga: Amigo, sobe mais para cima. Então terás honra diante dos que estiverem contigo à mesa.
Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado. (Lucas 14:7-11)


Meus irmãos, não tenhais a fé de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas.
Porque, se no vosso ajuntamento entrar algum homem com anel de ouro no dedo, com trajes preciosos, e entrar também algum pobre com sórdido traje,
E atentardes para o que traz o traje precioso, e lhe disserdes: Assenta-te tu aqui num lugar de honra, e disserdes ao pobre: Tu, fica aí em pé, ou assenta-te abaixo do meu estrado,
Porventura não fizestes distinção entre vós mesmos, e não vos fizestes juízes de maus pensamentos? (Tiago 2:1-4)

4. Uma coisa interessante deste texto e o fato do Senhor dizer que a riqueza e incerta, mesmo sendo Ele quem nos dar todas as coisas para delas gozarmos.

Mas glorie-se o irmão abatido na sua exaltação,
E o rico em seu abatimento; porque ele passará como a flor da erva.
Porque sai o sol com ardor, e a erva seca, e a sua flor cai, e a formosa aparência do seu aspecto perece; assim se murchará também o rico em seus caminhos. (Tiago 1:9-11)

Porque toda a carne é como a erva,e toda a glória do homem como a flor da erva.Secou-se a erva, e caiu a sua flor;
Mas a palavra do Senhor permanece para sempre.E esta é a palavra que entre vós foi evangelizada. (1 Pedro 1:24,25)

Imagine você lá com Jó, vendo tudo que ele estava passando, e você perguntando a ele quem foi que o abençoou, ele lhe responderia: " Foi Deus". Então você continuaria e perguntaria novamente. Quem de maneira horrenda lhe tirou tudo que você tinha? Foi o diabo? Ele lhe responderia novamente: "Foi Deus".
"... Deus me deu, Deus tirou..."
Deus é quem faz os dias bons e os dias maus

 No dia da prosperidade regozija-te, mas no dia da adversidade considera; porque Deus fez tanto este como aquele, para que o homem nada descubra do que há de vir depois dele. (Eclesiastes 7: 14.)

Conclusão:

O senhor é claro ao dizer que de tudo que o homem deve guardar, que ele guarde o seu coração, que o amor a riqueza e a rais de toda espécie de males, que os que querem ser ricos caem em muitos laços.
Que não adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma, que a vida do homem não consiste no bem que ele possui.
Então término como comecei.
O homem de Deus deve se preocupar em não colocar a mão aonde não pode alcançar, também no que tange em desejar se agraciado naquilo que vai fazer ele se perder, com aquilo que ele não vai saber como lhe dar.
Não são poucas as pessoas que mudam quando estão bem, que chegam até a se esquecer de Deus.
A soberba e como um lodo, pode ser gerado de uma coisa boa, assim como a água limpa escorrendo sobre uma pedra e bom, mas gera lodo, assim é a soberba.

Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.
Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. (1 Timóteo 6:9,10)




Nenhum comentário:

Postar um comentário