quinta-feira, 12 de setembro de 2013

A Visão de um Vale Cheio de Ossos Secos (Ez. 37. 1-11, 15-17).


 Introdução:

A profecia de um vale de ossos secos de Ezequiel trata da restauração: nacional, moral e espiritual de Israel. Alguns aspectos dessa profecia Já se cumpriram, outros estão se cumprindo porem o cumprimento cabal só ocorrerá no final da grande tribulação.

1. Vejamos o que nos diz essa visão:

·                  (vs.1-2) – Os ossos se referem ao povo de Israel (v.11), espalhados sobre a “face do vale” (da terra).
·                  (vs.4-6)- Esse texto se refere ao desejo que todo israelita dispersos pelas nações tiveram de volta para Israel, não era um simples sentimento, e sim, um impulso do Espírito-Santo de Deus na mente e no coração de cada judeu disperso, em cumprimento da palavra de Deus (Jr. 24.6; Ez.11.17; 36.24,28; 37.21).
·                  (v.7) – Esse texto se refere ao movimento “sionista” (movimento judaico que tinha em vista o restabelecimento da Palestina), iniciado em 1897 por Teodoro Herzl.
Pouco a pouco, sistematicamente e continuamente o povo começou a voltar para a região da palestina.
·                  (v.8) – Esse texto se refere a sua instalação, a sua reestruturação, o seu progresso e a sua proclamação pela ONU como estado independente em 1948 e o retorno de Jerusalém como capital de Israel após a guerra dos seis dias em junho de 1967; sendo esse o clímax da efetivação da promessa divina quanto ao seu retorno.
·                  Porem “não havia neles espírito” (v.8c), isso se refere ao endurecimento espiritual em que eles vivem até hoje.
·                  (vs.9,10) – Esse texto se refere a reestruturação espiritual de Israel passado a grande tribulação.
·                  (vs.15-17) – Aqui trata da reunificação das 12 tribos após a volta de Cristo em glória (vs. 21,22).

2. Esta visão é um alerta para a Igreja:

Ø   Segundo alguns estudiosos e observadores dos acontecimentos judaicos, houve em Israel nesses últimos anos, ocorreram dois acontecimentos muito importantes para o estudo escatológico sobre os sinais da volta de Cristo: A restauração do Sinédrio judaico, em meados de 2004; e a busca das autoridades judaicas para a reconstrução do Santo Templo (Dn. 9.27; Mt.24.15; 2Ts.2.1).


Ø   Algo que devemos observar é como alguns irmãos tem se deixado levar pelas notícias da mídia deixando serem gerados em seus corações, um sentimento de repúdio ao povo de Israel, se esquecendo da promessa que lhe foi feita “abençoarei os que lhe abençoarem, e amaldiçoarei os que lhe amaldiçoarem” (Gn. 12.3; 27.29), por isso mesmo sabendo que sua rejeição faz parte do propósito de Deus, devemos orar pela paz de Israel.

Conclusão:

O nosso Rei está voltando e essa visão é uma prova disso, devemos está preparados até a vinda do Senhor. 
Hora vem Senhor Jesus!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário