quinta-feira, 17 de julho de 2014

O Retorno de Cristo em Glória. Será a revelação do Que Ele é Hoje.



E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas;
E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;

Mateus 25:31-34
E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas;
E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo

Mateus 25:31-34
E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas;
E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo

Mateus 25:31-34
"Quando o Filho do homem vier em sua glória, com todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória. Todas as nações serão reunidas diante dele, e ele separará uma das outras como om pastor separa as ovelhas dos bodes. E colocará as ovelhas á sua direita e os bodes á sua esquerda."Então o Rei dirá aos que estiverem á sua direita: Venham, benditos de meu pai! Recebam como herança o Reino que foi preparado para vocês desde a criação do mundo". (Mt. 25. 32-34).
 
Como já falamos em um poste anetrior, a segunda vinda também se dará em uma manifestação pessoal e visível como estar escrito “todos os olhos o verão”, e será em Glória, este evento esta relacionado com: As bênçãos destinadas aos Cristãos (1Co. 15.23; 1Ts. 4.14-17), com a destruição do “homem do pecado” (2Ts. 2.3), o livramento e salvação de Israel (Zc. 12. ; Rm. 11. ) e a instauração do Reino Milenar (Ap. 19. 11,15; 20. 1-6).

O retorno de Cristo será a revelação do que Ele é hoje na Glória e a Destra do Pai.

 "... Tornou a Intrrogá-lo o sumo sacerdote e lhe disse: És tu o Cristo, O Filho do Deus Bendito? E Jesus disse-lhe: Eu sou, e vereis o filho do homem assentado à direita do Todo-Poderoso e vindo sobre as nuvéns do céu." (Mc. 14.61b,62)

É por isso que a sua segunda aparição será o desvendamento, a descoberta do esplendor oculto até então.

"Logo em seguida à tribulação daqueles dias, o sol escuracerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes do céu serão abalados. Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da Terra se lamentarão e verão O Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e Grande Glória. (Mt. 24.29,30).
"Quando o Filho do homem vier em sua glória, com todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória. 

 A aparição de Jesus Cristo será a revelação de todo o seu Resplendor, Glória, Poder e Reinado, que ainda estão encobertos aos nossos olhos, é por isso que o conhecemos em parte, mas Ele será revelará completamente à todos, em ocasião da sua vinda. “... Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo (Tt. 2.13). “Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória (Mt. 24.30).” “Quando se manifestar o Senhor Jesus desde o céu com os anjos do seu poder.” (2Ts. 1.7), “E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda (2Ts. 2.8).”
 
Conclusão:
 
Nesta ocasião em que todos verão como Ele é, porém a sua igreja, que somos nós os redimidos, o conheceremos como somos conhecidos. “... sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.” E“Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. (1Jo. 3.2b; f. 4.12 ).

Nenhum comentário:

Postar um comentário